saloma do blog Autos Orfãos Autodromo de Interlagos SP Fusca Club ABC Monte seu VW hot rod brasil forca livre motorsport Portal do Carro Antigo venda direta

Traduzir o Blog

Arquivos do blog

9 de out de 2009

Carburador, peça fundamental

carburador
A escolha de um bom carburador é essencial para uma boa dirigibilidade e funcionamento do motor.
Segue como regra básica teórica a fórmula para calcular qual o carburador adequado para uso. Esta fórmula apresentada abaixo tem como objetivo mostrar a disposição do carburador quanto a sua capacidade volumétrica de ar que o mesmo admite em CFM (Cubic Feet per Minute – pés cúbicos por minuto).

[(faixa de RPM máxima do motor) x (capacidade cúbica ( c.i.) do motor em polegadas cúbicas)]/3456 = CFM

Exemplo 1:

- Motor Chrysler 318 c.i. (c.i. significa cubic inches, ou seja, polegadas cúbicas)
- Faixa de RPM (observe a faixa de rotação máxima em que opera o comando): 4500 RPM

4500 x 318
---------------- = 414,1 CFM (450 cfm teórico)
3456

Eficiência Volumétrica (EV):

Se a eficiência volumétrica for menor que 1 (100%), a quantidade e qualidade da carga dentro do cilindro é reduzida, então, menos torque é produzido. Se a eficiência volumétrica é maior que 1 (100%), a quantidade e qualidade da carga dentro do cilindro é aumentada. Neste último caso, o motor é sobrealimentado, produzindo maior torque.

Para obter uma eficiência volumétrica ideal devemos escolher um carburador adequado quanto a aplicação do motor, seguindo indicações abaixo:

- Motores com preparações para rua: EV entre 0,80 e 0,85
- Motores com preparação para pista: EV 0,95
- Motores sobrealimentados (turbo, blower, supercharger) VE acima de 1,00

Seguindo as citações acima, podemos calcular a quantidade ideal do fluxo de ar que entra e sai do motor com maior precisão, seguindo as aplicações e suas respectivas eficiências volumétricas.

Exemplo 2:

- Motor Chevrolet 350 c.i. (c.i. significa cubic inches, ou seja, polegadas cúbicas)
- Faixa de RPM (observe a faixa de rotação máxima em que opera o comando): 5500 RPM
- Aplicação para rua. EV = 85% (0.85)

350 x 5500 x 0 .85
-------------------------- = 473 CFM (500 cfm)
3456

473 é a quantidade de ar que o motor deverá consumir no exemplo 2, mas não necessariamente será o número de CFM do carburador que deverá escolher. Poucas pessoas informam este fato. A escolha de um carburador deve ficar nas proximidades superiores do número encontrado. Carburadores maiores também poderão ser usados, porém, existe uma faixa de regulagem dos mesmos que permitirão dirigibilidades e consumo de diversas maneiras.
Citação:

Para leigos:

Um motor de 360 c.i., por exemplo, é um motor que admite aproximadamente 5,9 litros de ar/combustível por cilclo. 1 ciclo significam 2 voltas do virabrequim no motor. O número 360 é apenas a mudança de unidade volumétrica de litros para polegadas cúbicas (c.i.) a qual não estamos acostumados, tomando como padrão a nomenclatura e unidade dos motores americanos.
Outra unidade volumétrica usada é o CFM, padronizada para carburadores americanos indicando a quantidade de ar que o mesmo extrai da atmosfera quando o motor está em funcionamento. Ela é traduzida em pés cúbicos por minuto (cubic feet per minute).



Fonte - O Autor
Autor: Carlos Augusto Leal - Eng. Mecânico

Nenhum comentário:

Contato

Seu Nome :
Seu E-mail :
Assunto :
Menssagem :
Imagem (case-sensitive):

Pesquisar este blog