saloma do blog Autos Orfãos Autodromo de Interlagos SP Fusca Club ABC Monte seu VW hot rod brasil forca livre motorsport Portal do Carro Antigo venda direta

Traduzir o Blog

Arquivos do blog

29 de dez de 2009

Bomba de Combustível também exige cuidados

bomba de combustivel

Qdo um carro pára de funcionar de repente, mas o sistema de ignição e o nível de combustível estão em ordem, é provável que a origem do problema esteja na bomba de combustível. Nesse caso, os sintomas mais comuns são as falhas do motor, não atinge a velocidade máxima ou não acelera adequadamente e não pega.

As bombas mecânicas, em geral, só apresentam problemas qdo a quilometragem do carro já está muito alta. O sistema é muito simples e resistente: a bomba é acionada pelo virabrequim, que, por meio de um ressalto extra, se liga ao balancim da bomba, fazendo-o se mover pra cima e pra baixo. O bombeamento do combustível é feito por um diafragma de borracha. O movimento constante desse elemento pode ocasionar minúsculos furos por onde ocorrem vazamentos e faz com que o combustível vaze para o cárter e dilua o óleo. Na bomba há duas válvulas que fazem o combustível circular num único sentido. Se qualquer uma delas quebrar, a pressão da bomba cairá. É raro as válvulas quebrarem, mas elas emperram com facilidade devido a particulas de sujeira, o que impede uma vedação adequada.

Para retirar a bomba, desconecte a mangueira que vem do tanque e a que vai para o carburador. Utilizando-se de uma chave 13mm, desparafuse os dois parafusos que prendem a bomba ao bloco do motor. A localização dos parafusos é um pouco complicada, mas dá pra soltá-los com jeitinho!!!! Puxe-a para fora do motor e raspe a junta velha.

Pra recolocar a bomba, use junta nova revestida com uma leve camada de massa vedante. Cuidado com a colocação do balancim no vira; a colocação incorreta provocará sérios danos quando for dada a partida.

Exame da bomba:

1. Tape o tubo de saída e empurre o balancim pra cima. Se a válvula de entrada estiver boa, você moverá o balancim com facilidade e o diafragma permanecerá inalterado.

bomba de combustivel 01

2. Tape o tubo de entrada e mova o balancim. Se a válvula de saída funcionar, haverá certa resistência, mas o diafragma não deve se deslocar.


bomba de combustivel 02

3. Tape os dois tubos e mova o balancim. Se o diafragma estiver normal, você sentirá alguma resistência.

4. Por fim, vede o pequeno orifício na parte debaixo da bomba e mova o balancim. Se o retentor entre o  orifício e o diafragma estiver intacto, haverá resistência.

Se a bomba não passar em algum desses testes, troque-a!!!!!

Matéria extraida do site Opaleiros do Paraná

Nenhum comentário:

Contato

Seu Nome :
Seu E-mail :
Assunto :
Menssagem :
Imagem (case-sensitive):

Pesquisar este blog